segunda-feira, 17 de abril de 2017

Revista Cerrados - JAPÃO - Chamada para publicações.

Chamada para publicações – Revista Cerrados n. 44/2017 - JAPÃO.

A edição de número 44 da Revista Cerrados é uma homenagem ao 109º aniversário da imigração japonesa no Brasil e um espaço de reflexão sobre a literatura nipônica em perspectivas interdisciplinares e multidisciplinares. Nesse sentido, serão selecionados artigos que versem sobre a literatura e a cultura japonesa, estabelecendo (ou não) comparações com outras tradições, e também textos voltados especificamente à imigração, em que ao menos um dos autores seja pesquisador doutor e/ou professor doutor vinculado a instituições de ensino superior e institutos de pesquisa nacionais ou internacionais. Mestrandos e doutorandos podem contribuir com resenhas e traduções de textos literários e críticos. Com este número, a Revista Cerrados renova o compromisso de divulgar as contribuições do pensamento científico que enriqueçam as fronteiras das Ciências Humanas no Brasil.

Prazo para envio de artigos: 30 de julho de 2017
Sites para entrega : revistacerradosblog@gmail.com
ou : http://periodicos.unb.br/index.php/cerrados/index
Organizadora: Profa. Dra. Patrícia Trindade Nakagome (UnB)
Organizadoras convidadas Profa. Dra. Lica Hashimoto (USP)
Profa. Dra. Márcia Hitomi Namekata (UFPR)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Revista Cerrados . Mundos árabes : poética, estética e testemunhos dos desertos.Chamada para publicação nº 43 I/2017 .

 Mundos árabes : poética, estética e testemunhos dos desertos...



Do Golfo ao Mediterrâneo, do Iraque à Palestina, da Síria ao Marrocos, de Andaluzia à Africa, os entrecruzamentos do mundo árabe querem trazer à luz seus mais íntimos Diwans e sua poética.
É tempo de deixar que os ventos de verdade e de pureza soprem sobre os conteúdos literários destes mundos árabes e tragam à superfície a beleza do conhecimento do homem através do texto que passa por todas as fronteiras desta multiculturalização essencial, saindo assim das tendências gregárias obliterantes e marginalizadoras que confinam este mesmo mundo árabe ao desconhecimento pelo outro e do outro.
No âmbito da plural literatura árabe, a questão identitária, as sucessivas e dramáticas diásporas, o dano integrista,  as migrações e êxodos, os colonialismos e os pós-colonialismos, as tradições e prelúdios que permeiam a narrativa e a poesia árabe, a gênese poética, a crítica e os diálogos entre esta mesma literatura e as artes – assim como as expressões iconoclastas, são temas visados neste número.  Eles vão pari passu com a geração da narrativa, as estratégias do sentido, as metamorfoses do imaginário que quer conhecer a psicologia do romance árabe, sem esquecer desejo e memória inalienáveis, sagrado e profano inconsúteis, masculino e feminino em suas (quase) inconciliáveis vivências.   
Qual a contribuição da crítica intelectual ocidental e oriental – não contradizendo Goethe, antes relembrando-o   _  a estes acontecimentos que levaram à uma metamorfose da literatura? Quais cânones e sistemas de valores são montados e desmontados, quais reações de aceite ou de pura recusa são erigidos quando o texto é um texto árabe?


Essas referências literárias que ultrapassam as fronteiras rumo a formação de um sentido literário expandido de Mundos Árabes diversos é que são os objetivos do número 43, volume I do ano de 2017 da revista Cerrados. Prazo de entrega 30 de abril de 2017.

Cláudia Falluh Balduino Ferreira
Editora-Chefe

A editoria da revista Cerrados aceita artigos em  inglês, francês e espanhol e para esta volume, em árabe.
Os artigos deverão ser enviados ao email revistacerradosunb@gmail.com ou pelo site da revista: 
http://periodicos.unb.br/index.php/cerrados/index

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Revista Cerrados 41 - Africas em movimento: literaturas culturas, histórias e sociedades! NO AR!

Estimados leitores, saudações!


Uma vez mais a revista Cerrados, em seus 25 anos de trajetória e neste número 41, homenageia o mundo africano em sua variedade tocada pelo sopro dos acelerados ritmos pós-coloniais que se espraiam sobre os textos dos mais variados autores e destas Áfricas em movimento.
É por estas vias múltiplas e robustas da pluralidade artística e cultural africana que se realiza neste número a partilha generosa da energia criativa. Esta transcende os grandes nomes aqui refletidos ou objetos de reflexão em nome de uma entidade maior: o gênio africano. Inquieto, agudo, fecundo, espontâneo, dono de si e livre ele é feito de constâncias, mas eleva-se igualmente em impetuosos élans rumo ao sublime; ressurgido da mó das colônias ele abrolha admiravelmente em um sopro de entusiasmo, espontaneamente nobre, espiritual e valoroso.
Foi dele que se originaram as seções deste número em uma quádrupla descentralização com as quais o leitor contará: literaturas africanas hoje, gênero, viagem e poéticas pós-coloniais, narrativas escritas e visuais, entrevistas. Por meio delas registraremos a contribuição à metamorfose das formas literárias e artísticas de criadores e pensadores africanos, brasileiros e europeus. Os primeiros ofertam-nos as referências culturais africanas que, aceleradas pelo processo pós-colonial, vêm tomadas de fascínio e onde reside o desejo de liberdade. Os segundos e terceiros resolvem na intensidade crítica as fulgurantes expressões africanas, desde aquelas absorvidas pela vivência brasileira, cujo olhar moderno é também testemunho e inspiração.
Enfim, reúnem-se nesta tríade de povos o testemunho e a inspiração de pesquisadores e intelectuais, faces voltadas para a África.
 Os organizadores especialmente convidados para a formação deste número são o Professor Doutor Edvaldo Aparecido Bergamo e a Professora Doutora Ana Claudia da Silva, ambos afiliados ao Programa de Pós-Graduação em Literatura, PósLit, da Universidade de Brasília, pesquisadores do Grupo de Estudos Mayombe: Literatura, História e Sociedade. A revista Cerrados - Áfricas em movimento teve a honra de contar com a participação e a organização especialíssima da Professora Doutora Ana Mafalda Leite, do lado português deste trio ora inaugurado. Professora Associada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Ana Mafalda Leite é também investigadora no Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG-UL).
Que colham, os leitores, os frutos desta inesgotável seara africana é nossa aspiração.
Cláudia Felicia Falluh Balduino Ferreira
Editora-Chefe

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Veja as Normas de Publicação da revista Cerrados


Estimados leitores!
Muitos nos perguntam quais são e onde estão as Normas de Publicação da Revista Cerrados!
Pois bem, elas estão no Site da revista:
http://periodicos.unb.br/index.php/cerrados/index.

Você entra e clica na guia : Normas de Publicação , et les voilà!!
Abraços 
Cláudia Falluh 
Editora-chefe

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Revista Cerrados 40 publicada.

Estimados leitores, saudações!


É com a com muita satisfação que comunicamos a publicação da revista Cerrados 40, comemorativa dos 40 anos do Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade de Brasília.
Desejamos a todos uma excelente e proveitosa leitura dos artigos!
Cordialmente,

Cláudia Falluh Balduino Ferreira
Editora-Chefe.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Ensino de Literatura: tensões, polêmicas e processos. Cerrados 42

Estimados leitores, saudações!
É com satisfação que divulgamos a Chamada para Publicações do número 42/2016 da Revista Cerrados.
Nosso convidado para a organização deste número é o Prof. Dr. Danglei de Castro Pereira, da Universidade de Brasília, em colaboração com os Professores Doutores Lucilo Antonio Rodrigues (UEMS) e Rosana Cristina Zanelattto Santos (UFMS/CNPq). 
Este é um instigante e importantíssimo tema para o qual a editoria convida os intelectuais e pesquisadores brasileiros a uma ampla participação. 
Conheçam, pois,  o tema da revista número 42/2016: Ensino de literatura: tensões, polêmicas e processos! 
Com meus votos de excelente leitura e reflexões,
Prazo limite de envio: 31 de agosto.

Cláudia Falluh Balduino Ferreira
Editora-Chefe
Vice-Coordenadora do POSLIT/UnB


Ensino de literatura: tensões, polêmicas e processos.


Na metade da segunda década do século XXI questões em torno do Ensino de literaturas em Língua Portuguesa geram discussões sobre as diferentes formas de focalização do literário e sua relação com o ensino não só na Educação Básica, mas, também, no Ensino Superior no Brasil e em diferentes países. A problemática envolvendo a singularidade dos gêneros literários em um contexto de transformação de suportes para além do livro impresso e sua materialidade concreta assume pontos de valoração ou não dos gêneros literários no contexto educacional brasileiro, pensado, também, a partir da relação complexa da literatura em Língua Portuguesa em um contexto de globalização. A propensa escolarização do texto literário, conforme Lajolo (2003), bem como a delimitação complexa do enfrentamento de novas realidades literárias, entre elas, o ebook e a poesia virtual, entre tantas outras, fazem refletir sobre o ensino de literaturas em um contexto de tensões, polêmicas e processos de assimilação e esvaziamento literário ao longo do século XX e XXI. Quais caminhos teóricos e metodológicos o ensino de literaturas assume no contemporâneo? Como enfrentar a diversidade literária em Língua Portuguesa e seu aparente silêncio em um contexto internacional? De que forma propostas inovadoras ou tradicionais para o ensino de literaturas assumem potencial transformador? Como a leitura literária em Língua Portuguesa é, de fato, implementada em escolas e universidades no Brasil e no exterior? Qual a entrada do literário no núcleo familiar e sua importância na formação de leitores literários? Questões dessa ordem e outras que apresentem como foco o Ensino de literaturas em Língua Portuguesa ao longo dos dois últimos séculos são objetos de reflexão neste número da Revista Cerrados.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Áfricas em movimento. Literaturas, culturas, histórias, sociedades.

A Editoria da Revista Cerrados abre chamada para publicação em seu número 41/2016, vol.28 cuja temática será
Áfricas em movimento
literaturas, culturas, histórias, sociedades.

Organizadores convidados: Ana Claudia da Silva (Universidade de Brasília)
Ana Mafalda Leite (Universidade de Lisboa)
Edvaldo A. Bergamo (Universidade de Brasília)

O número 41 da revista Cerrados quer conhecer a produção acadêmica resultante da reflexão de um conjunto significativo de pesquisadores nacionais e internacionais da área de Estudos Africanos. Para tanto, esta edição receberá especialmente artigos que versem sobre as múltiplas facetas de um continente reconhecidamente plural, no âmbito das recentes ponderações interdisciplinares, sobretudo na abordagem das conexões entre literatura, cinema, antropologia e história. Destacaremos as intersecções literatura e outras artes e/ou literatura e outras áreas de conhecimento, como estratégia para enfeixar, sob a perspectiva teórica e crítica, a riqueza cultural de um território civilizacional antiquíssimo, atravessado por dilemas e impasses que de modo hodierno atingem a realidade contemporânea globalizada, influenciando e afetando produções artísticas. Estas pensam e figuram um espaço caracterizado pela diversidade e heterogeneidade que desafia de modo especial a criação literária, a produção audiovisual, a esfera das trocas simbólicas e a representação do passado histórico, para ficar apenas em certos campos das Humanidades que problematizam mais vincadamente o lugar africano na atualidade.
Endereço para envio: revistacerradosunB@gmail.com

Prazos de entrega: 31/01/2016